"E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?"
Saramago

segunda-feira, 18 de junho de 2012


O MI do gato amarelo

( Desenho de Vanessa Lima)

XI



Era uma vez um gatinho amarelo, fofinho e lindo como todos os gatinhos. Mas o gatinho não sabia miar, em vez de miau miau, miau, ele dizia mi, mi, mi.
Todos os gatinhos dizem miau, miau, miau e não mi, mi, mi. Havia ali qualquer coisa de errada faltava o au, au, au.

Foi logo uma algazarra. O gatinho não diz miau, miau, miau. Que fazer? Que grande problema! Já ninguém dormia, já ninguém comia. Foi então que todos foram procurar o au, au, au que faltava no miar do gatinho ... Procuraram, procuram em todo o lado. Debaixo do tapete, em cima do pinheiro e até no galinheiro e nada...
Foi então que alguém disse:

-         Já sei como vamos resolver o problema. Fecha-se o gatinho e ele não sai à rua.
-         Mas porquê?
-         Ora essa, falta o au ao miau.
-         Não gosto dessa ideia - quem falava assim era um cachorrinho, muito amigo do  gatinho - sempre que o gatinho disser mi, eu digo au e assim vocês já ouvem miau.

Era uma grande ideia, então não era? Mas não resultou, nem sempre apetecia ao gatinho andar com o cachorrinho atras.

E lá começou a confusão outra vez, aquela grande algazarra, todos a falar e ninguém tinha razão. Até que um pardalito que assistiu à confusão lá de cima, desceu cá abaixo para dar a solução.

-         Então qual é o problema?
-         O gatinho em vez de miau, miau, miau, diz mi, mi, mi.
-         Isso é que é o problema? Hahahahahahhahhhahahahahahaha.
-         Porque te ris, pardalito?
-         Porque isso não é um problema!
-         Ai não? Então o que é?
-         É uma palermice.
-         Ohhhhhhhh!!!!!!!!!!!!. Nunca mais a gente vai arranjar problemas com o mi, mi, mi. Não queremos ser palermas .



MIAUuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu


Para ti Joana :))

Histórias sem pés nem cabeça
Liberdade
Setúbal, 18 de Junho de 2012 

Sem comentários:

Enviar um comentário

este blogue destina-se a crianças, por favor use uma linguagem equilibrada